quarta-feira, 28 de março de 2012

Projeto IRFN - Apresentação aos pais

Depois de apresentar o projeto IFRN aos alunos, era hora de mostrá-lo aos pais também. Eles são responsáveis por incentivar a ida dos filhos às aulas de reforço e de acompanhar o andamento de sua aprendizagem. Na ocasião, ouvimos de muitos pais a importância de projetos como esse e fomos parabenizados.

Os professores Thimuza e Marinho foram enfáticos ao falar sobre o esforço que a escola estava tendo para continuar com essa ideia, pois algumas pessoas da Secretaria de Educação haviam questionado sua importância e quase nos impediram de levá-lo adiante, já que o complemento da carga horária dos professores que ministram o curso é com essas aulas de reforço. Porém, argumentando em favor do projeto, conseguimos mantê-lo ativo e cada vez mais vivo.

Muitos pais não puderam estar presentes, mas os alunos justificaram suas ausências e disseram estar plenamente de acordo e satisfeitos com o curso. Outros pais chegaram depois e não saíram nas fotos... O importante, porém, foi o reconhecimento que fizeram pelo trabalho sério que a equipe de professores do Municipal faz em prol dos alunos. Isso é gratificante!





Projeto IRFN - Apresentação aos alunos

Tendo como objetivo aprovar o maior número possível de alunos, foi apresentado aos alunos do 9º Ano o projeto de reforço para o concurso do IFRN. Duas vezes por semana, cada turma terá aulas de Português e Matemática, no turno matutino, com a professora Thimuza e o professor Marinho, respectivamente. O professor João Batista, de Religião, ajudará nos conteúdos de Cidadania que estão no programa. Não podemos esquecer de Edmilson e Cláudia, que no ensino regular incluem assuntos do programa e ajudam ainda mais na fixação de todos os conteúdos que os alunos devem estudar.

Este projeto tem rendido bons frutos ao longo desses anos. No ano passado, por exemplo, tivemos a aprovação das alunas Luciele e Lean, que já estão estudando naquela renomada instituição de ensino. As fotos abaixo mostram elas em nossa escola e, mais recentemente, já alunas do IFRN.


Fonte: http://trabalhosdeportuguesnaescola.blogspot.com.br/2012/03/frutos-da-escola-municipal-severino.html
Somos todos conscientes de que a escola deve promover condições para projetos importantes como esse. Por isso, todo esforço é envidado pelos educadores para que o aluno esteja preparado para o Ensino Médio e possa ingressar em instituições de renome e até no mercado de trabalho.

Estamos juntos dos alunos desde sua inscrição, que é feita na escola, até o dia da prova no IFRN, quando solicitamos o ônibus da prefeitura e os acompanhamos na realização do concurso. E, mesmo após a prova em setembro, os alunos continuam frequentando as aulas pela manhã, reforçando o aprendizado até o final do ano. E o melhor: tudo isso ABSOLUTAMENTE GRÁTIS, quando muitos cursinhos por aí cobram por esse serviço.

Abaixo, algumas fotos da apresentação do projeto.






domingo, 25 de março de 2012

Treinamento para os Jogos da Juventude

Nossa escola participará, neste mês de maio, dos Jogos da Juventude, envolvendo escolas de toda região. Os jogos ocorrerão nas cidades de Várzea e Goianinha. Para a disputa, os professores Cláudio e Eduardo, de Educação Física, estão fazendo uma seleção dos melhores jogadores na quadra da própria escola, o famoso "peneirão". O Municipal será representado por dois times de futsal masculino, o de 12 a 14 anos e o de 15 a 17 anos.


Estaremos dando total apoio aos nossos futuros campeões. Já acertamos o transporte junto à Secretaria de Educação e vamos, logicamente, providenciar o lanche para a turma representar bem o nosso colégio, além de nossa presença para ajudar no que for possível.


Agradecemos aos professores Cláudio e Eduardo pela disposição em estar todos os dias em treinamento com a garotada, mesmo com a quadra não apresentando as condições adequadas de uso.


Fizemos um flagra de momentos que antecederam o treinamento, quando os professores davam instruções e explicavam como seria realizado o torneio. Estamos confiantes em bons resultados!




sábado, 24 de março de 2012

Olimpíada de Matemática - nós participamos!



Escolas interessadas em participar da oitava edição da Obmep (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas) podem se inscrever até 30 de março no site do evento. A competição, promovida pelo MEC (Ministério da Educação) e o MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação) e pelo Impa (Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada),  é destinada a alunos do 6º ano ao 9º ano do ensino fundamental e para os do ensino médio.

No ano passado, 18,7 milhões de estudantes de 44 mil escolas participaram da olimpíada, que é organizada em duas fases. A primeira prova é objetiva e será aplicada no dia 5 de junho. Os alunos com os melhores resultados são selecionados para a segunda fase, composta de prova discursiva, marcada para o dia 15 de setembro.

Os 400 melhores alunos do ensino fundamental e os 100 melhores do ensino médio receberão medalhas de ouro. Os participantes ainda poderão conquistar medalhas de prata e bronze, totalizando mais de 4 mil premiações. Também serão concedidas menções honrosas. Os medalhistas terão a oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Júnior, que dá direito a uma bolsa do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).

Já os professores dos alunos premiados receberão tablets e placas de homenagem, de acordo com o número de medalhas conquistadas. As escolas com bom desempenho na olimpíada também podem ser contempladas com computadores, softwares relacionados ao ensino da matemática, impressoras e troféus.

Fonte: Agência Brasil

quarta-feira, 21 de março de 2012

Para refletir


Não se trata só de prédios, salas, quadros
 
Programas, horários, conceitos...

Escola é, sobretudo, gente

Gente que trabalha, que estuda

Que alegra, se conhece, se estima...
 
Paulo Freire

Datas comemorativas de março

Estaremos publicando, a cada mês, as datas comemorativas mais marcantes do calendário letivo, de acordo com sua importância no contexto escolar. Com isso, damos subsídios para que os professores trabalhem essas datas com seus alunos, não deixando, claro, de buscar mais informações em sites diversos.

02: Dia Nacional do Turismo


No Dia Nacional do Turismo, comemora-se uma atividade geradora de inúmeros serviços: hospedagem, alimentação, transporte e entretenimento são alguns setores que se beneficiam do movimento trazido pelo turismo e muitas vezes são preparados para operar exclusivamente em função deste ramo, causando melhorias ao bem-estar econômico e social no mundo inteiro, favorecendo o crescimento econômico e a melhoria da qualidade de vida da população.

07: Dia Mundial da Oração


Trazemos aqui o texto “Educar em Oração”, de Gabriel Chalita.

Obrigado, Senhor, pela minha escola! Ela tem muitos defeitos. Como todas as escolas têm. Ela tem problemas, e sempre terá. Quando al­guns são solucionados, surgem outros, e a cada dia aparece uma nova preocupação. Neste espaço sagrado, convivem pessoas muito diferentes. Os estudantes vêm de famílias diversas e car­regam com eles sonhos e traumas próprios. Alguns são mais fechados. Outros gostam de aparecer. To­dos são carentes. Carecem de atenção, de cuidado, de ternura. Os professores são também diferentes. Há alguns bem jovens. Outros mais velhos. Falam coisas dife­rentes. Olham o mundo cada um à sua maneira. Alguns sabem o poder que têm. Outros parecem não se preocupar com isso. Não sabem que são líderes. São referenciais. Ou deveriam ser. Funcionários. Pessoas tão queridas, que ouvem nossas lamentações. E que cuidam de nós. Estamos juntos todos os dias. Há dias mais quentes e outros mais frios. Há dias mais tranquilos e outros mais tumultuados. Há dias mais felizes e outros mais do­lorosos. Mas estamos juntos. E o que há de mais lindo em minha escola é que ela é acolhedora. É como se fosse uma grande mãe que nos abraçasse para nos liberar somente no dia em que estivéssemos preparados para voar. É isso. Ela nos ensina nossa vocação. O voo. Nascemos para voar, mas precisamos saber disso. E precisamos, ain­da, de um impulso que nos lance para esse elevado destino. Não precisamos de uma escola que nos traga todas as informações. O mundo já cumpre esse pa­pel. Não precisamos de uma escola que nos transfor­me em máquinas, todas iguais. Não. Seria um crime reduzir o gigante que reside em nosso interior. Seria um crime esperar que o voo fosse sempre do mesmo tamanho, da mesma velocidade ou na mesma altura. Minha escola é acolhedora. Nela vou permitin­do que a semente se transforme em planta, em flor. Ou permitindo que a lagarta venha a se tornar bor­boleta. E sei que para isso não preciso de pressa. Se quiserem ajudar a lagarta a sair do casulo, talvez ela nunca tenha a chance de voar. Pode ser que ela ain­da não esteja pronta. Minha escola é acolhedora. Sei que não apreen­derei tudo aqui. A vida é um constante aprendizado. Mas sei também que aqui sou feliz. Conheço cada canto desse espaço. As cores da parede. Os quadros. A quadra. A sala do diretor. A secretaria. A bibliote­ca. Já mudei de sala muitas vezes. Fui crescendo aqui. Conheço tudo. Passo tanto tempo neste lugar. Mas conheço mais. Conheço as pessoas. E cada uma de­las se fez importante na minha vida. Na nossa vida. E, nessa oração, eu Te peço, Senhor, por todos nós que aqui convivemos. Por esse espaço sagrado em que vamos nascendo a cada dia. Nascimento: a linda lição de Sócrates sobre a função de sua mãe, parteira. A parteira que não faz a criança porque ela já está pronta. A parteira que apenas ajuda a criança a vir ao mundo. E faz isso tantas vezes. E em todas às vezes fica feliz, porque cada nova vida é única e merece todo o cuidado. Obrigado, Senhor, pela minha escola! Por tudo o que de nós nasceu e nasce nesse espaço. Aqui, posso Te dizer que sou feliz. E isso é o mais importante. Amém!

08: Dia Internacional da Mulher 


No dia 8 de março de 1857, mais de uma centena de operárias de uma fábrica de tecido de Nova Iorque se mobilizaram na primeira greve conduzida apenas por mulheres. Elas reivindicavam melhores condições de trabalho que, à época, eram sub-humanas, incluíam agressões físicas, sexuais e uma jornada muito extensa. A resposta dos patrões e da polícia foi muito violenta. As operárias foram trancadas na fábrica, que foi incendiada, causando a morte de todas elas, carbonizadas.

O dia da mulher se tornou oficial em 1910, durante uma conferência na Dinamarca, e não se firmou apenas como uma data de presentes e propagandas bonitinhas em todo o mundo, mas como uma proposta de debate e de reflexão sobre o papel da mulher na sociedade, seus avanços e conquistas, e discussões e denúncias sobre as formas de desvalorização que ainda persistem.

12: Dia do Bibliotecário


No Brasil, o Dia do Bibliotecário foi instituído pelo Decreto nº 84.631, de 12 de abril de 1980, a ser comemorada em todo o território nacional a 12 de março, data do nascimento do bibliotecário, escritor e poeta Manuel Bastos Tigre. Engenheiro e bibliotecário por vocação, Manuel Bastos Tigre nasceu no Recife em 1882. Formou-se em Engenharia em 1906 e resolveu fazer aperfeiçoamento em eletricidade nos Estados Unidos. Uma vez lá, conheceu o bibliotecário Melvil Dewey, que instituiu o Sistema de Classificação Decimal. Esse encontro foi decisivo na sua vida, porque, em 1915, aos 33 anos de idade, largou a engenharia para trabalhar com biblioteconomia.

14: Dia da Poesia 

Poeta mipibuense Arlindo Izaías (http://deolhoemmipibu.blogspot.com.br/2010/11/cantinho-da-poesia-com-o-poeta-mipibu.html)
A poesia é a arte da linguagem humana, do gênero lírico, que expressa sentimento através do ritmo e da palavra cantada. Seus fins estéticos transformaram a forma usual da fala em recursos formais, através das rimas cadenciadas. A poesia ganhou um dia específico, 14 de março. Ele foi criado em homenagem ao poeta brasileiro Antonio Frederico de Castro Alves (1847-1871), que nasceu neste dia na fazenda Cabaceiras, a sete léguas (42 km) da vila de Nossa Senhora da Conceição de "Curralinho", hoje município de Castro Alves, no estado da Bahia.

15: Dia da Escola

Desde pequeninos, nós precisamos de contato. O primeiro núcleo de contato que conhecemos é a família. A escola o segundo mais significativo, e ela que contribui significativamente na preparação da criança para as regras e os limites da vida em sociedade. É o principal espaço que possibilita a convivência, o zelo pelos direitos plenos da cidadania e a socialização, e a aprendizagem de conteúdos sistematizados e orientados pedagogicamente. Acompanhar o desenvolvimento de um estudante é missão das mais importantes, além de ser indicador de desenvolvimento de uma sociedade.

Cada fase da nossa vida é marcada por diferentes necessidades e capacidades a serem exploradas; estamos sempre aprendendo e nos adaptando a novas situações. A escola é, então, um dos referenciais do nosso crescimento intelectual e é seu papel oferecer aos estudantes as condições necessárias para que cada fase escolar seja vivida da melhor forma possível.

21: Dia Internacional contra a Discriminação Racial


O Artigo I da Declaração das Nações Unidas, sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial, diz o seguinte:

“Discriminação racial significa qualquer distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada na raça, cor, ascendência, origem étnica ou nacional com a finalidade ou o efeito de impedir ou dificultar o reconhecimento e exercício, em bases de igualdade, aos direitos humanos e liberdades fundamentais nos campos político, econômico, social, cultural ou qualquer outra área da vida pública".

22: Dia Mundial da Água


A ONU instituiu o dia 22 de março como o Dia Mundial da Água. A  data foi criada no ano de 1992 com o intuito de discutir sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural. Apesar de dois terços do planeta Terra serem recobertos por água, apenas 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). A intenção é não só no Dia Mundial da Água, mas em todos os dias de nossas vidas, nos preocuparmos e elaborarmos medidas práticas para resolver o problema.

27: Dia do Circo


Comemora-se o Dia do Circo em 27 de março, numa homenagem ao palhaço brasileiro Piolin, que nasceu nessa data, no ano de 1897, na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo.

Considerado por todos que o assistiram como um grande palhaço, se destacava pela enorme criatividade cômica e pela habilidade como ginasta e equilibrista. Seus contemporâneos diziam que ele era o pai de todos os que, de cara pintada e colarinho alto, sabiam fazer o povo rir.

Visita dos eletricistas e entrega de livros didáticos

Conforme prometido pela Secretaria de Educação, os eletricistas chegaram e fizeram parte dos reparos elétricos que precisávamos para iniciar as aulas à noite. O material não supriu todas as necessidades, mas, pelo menos, ficamos em condições de começar normalmente.

Pela manhã e à tarde, entretanto, as aulas já haviam iniciado desde a segunda-feira. Dona Fátima, Piedade e Prazeres fizeram a distribuição dos livros didáticos para a criançada da escola, lembrando dos cuidados básicos para conservação do livro: encapar, deixar em lugar seguro, não riscar e saber que no próximo ano outro aluno o receberá. Clicamos o momento em que os alunos da professora Andréa recebiam seu material.

No final desta postagem, ainda deixamos um vídeo do Governo Federal que mostra a importância de conservarmos o livro didático que recebemos.








video

Início das aulas à noite... ou não-início

Dia 5 de março chegou e ficou difícil começar as aulas à noite. A iluminação deficiente em algumas salas, corredores e pátio impossibilitavam um começo com um mínimo de condições. Conversamos com professores e alunos e resolvemos adiar o início para a quarta-feira, dia 7, sob a condição de termos os serviços executados. No outro dia, pela manhã, conversamos com Luzia e Janilza, representantes da Prefeitura, que se comprometeram a dar solução para nosso caso até o prazo estabelecido. Ficamos aguardando.

Após o anúncio da paralisação para os demais alunos, os professores, junto com a supervisora Elinete, ficaram reunidos para planejamento. Não perdemos a esportiva. Afinal, se desanimamos transmitimos indiretamente isso aos nossos alunos. Apesar de todas as dificuldades, é essencial que o professor e a gestão acreditem na educação de um modo geral. Só gostaríamos que todos, incluindo a gestão municipal, acreditem também e deem condições de trabalho para os profissionais e alunos de nossas escolas.













Trabalho com os professores

O início do ano letivo foi conturbado. Estava previsto para o dia 27 de fevereiro mas, por problemas no transporte da Prefeitura, foi adiado para o dia 5 de março. Foi um "fôlego" para nossa escola, pois estávamos precisando de 150 carteiras para atender a demanda de alunos e havia serviços elétricos e hidráulicos para ser feitos. Enquanto aguardávamos providências da Secretaria de Educação, reunimos os professores em diversos dias da semana para a reunião administrativa, dar informes da Secretaria, mostrar o que pretendíamos realizar em 2012. Os supervisores Jango, Elinete e Elzilene tiveram participação ativa nas discussões.

Aproveitamos também para preparar os kits de trabalho para os professores e supervisores. Marcador, régua, caderno, pasta, cola, estilete, borracha, apagador, corretivo, tinta para marcador foram alguns dos itens incluídos no kit. Vale a pena investir no nosso professor, pois dele depende boa parte do sucesso da nossa escola!

Nosso amigo Joaquim aproveitou para pintar alguns armários que estavam precisando de um "upgrade" na pintura. Foram dias de bastante trabalho!